sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

um dia- David Nicholls

Oi gente! Bom, este é o meu primeiro post e eu escolhi escrever logo de cara uma resenha sobre um livro que eu acabei de ler.E quando eu digo acabei de ler, eu digo literalmente, faz no máximo uma meia hora que eu terminei de ler este lindo romance.Se você leu o "sobre mim" ali em cima, você já percebeu que eu amo romances, então a maioria dos livros resenhados aqui serão do gênero

capa do livro com unhas combinando >.< 

as letras do título do livro são em relevo e envernizadas

a contracapa com alguns depoimentos e a silhueta de Emma e Dexter,
na mesma imagem da capa

ao abrir o livro você encontra essa página
com contornos pretos e brancos de rostos, muito lindo *-*
logo depois há duas páginas com depoimentos sobre o livro em letras de diferentes tamanhos.

Além da divisão em capítulos,
o livro é divido em partes como esta, que indicam "ciclos" da vida deles.Cada parte tem alguma citação,
como esta de Charles Dickens. 


Essa é a minha citação favorita no livro *----*


Este livro eu peguei emprestado de uma amiga minha, que ganhou o livro ano passado e não havia saído do 5º capítulo ainda kkkk
Enfim, como vocês já devem saber, cada capítulo do livro retrata a vida Emma Morley e de Dexter Mayhew sempre no dia 15 de Julho, a cada ano, desde 1988 até 2007.Ou seja, cada capítulo retrata o dia 15 de julho de cada um dos anos.
A história se passa na Inglaterra♥ principalmente, mas alguns capítulos acontecem em Paris, por exemplo.
É engraçada a forma como eles tentam levar a vida, se apaixonar, estar com outras pessoas, e tudo da errado.E quando eles finalmente percebem que se amam, que são muito mais do que amigos, as coisas começam a dar certo.
O narrador é em terceira pessoa, mas isso não deixa a história de jeito nenhum vaga, de forma que você sabe exatamente o que cada personagem está sentindo ou pensando sem ficar confuso.
Apesar de ser um romance muito bonito, parece algo bem real, algo que aconteceria na vida de alguém de verdade, pois o autor narra o amor deles não como uma coisa surreal, maravilhosa, mas como algo que acaba ficando em segundo plano a maior parte da história por conta de coisas do dia a dia, como emprego e coisas do tipo.Então se você acha que irá encontrar um livro no estilo Nicholas Sparks(como eu achava que seria antes de lê-lo) desista, o romance é realista, de uma forma que seria algo totalmente possível de acontecer.
Eu adorei, e se eu fosse uma romancista iria sentir inveja de David Nicholls por ter tido uma ideia tão criativa de se escrever um romance como este.
O livro foi adaptado para filme, estreado por Anne hathaway e o lindo do Jim Sturgess.Eu assisti o filme quando estava na metade do livro, e adorei, não omitiu em nada a história real(eu odeio quando fazem filmes a partir de livros, porém modificam totalmente a história original).

É isso, espero que tenham gostado.Me perdoem se pareci confusa ou algo do tipo, é minha primeira resenha kkkk
Beijos, até mais o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário